Meu dente ficou preto! E agora?

É de comum acordo que um sorriso vale mais que mil palavras, pode fazer diferença no dia de alguém e também falar muito sobre você mesmo. Sempre é bom frisar o quanto um sorriso impacta a vida das pessoas, autoestima e saúde bucal andam juntas e nosso papel aqui é te ajudar a estar em dia com seu sorriso.

Dito isso, o que fazer quando o dente fica preto ou até mesmo mais escuro que os seus dentes vizinhos? O que você pode fazer para evitar? Como identificar o motivo e quais os tratamentos disponíveis?

Você pode estar vivendo um pesadelo tendo um dente mais escuro que o outro e ser afetado diretamente na autoestima, já que um dente preto pode indicar, na maioria dos casos, problemas na saúde bucal.

O que causa o dente preto

As causas podem variar desde uma simples pigmentação que é transferida do alimento para o dente, os sulcos pigmentados, que geralmente aparecem na parte traseira do dente, os molares, o surgimento de cáries, que tem origem do acúmulo de resíduos de alimentos que permanecem nos dentes e as bactérias que naturalmente temos na boca, se alimentam destes resíduos e liberam o ácido que é responsável pela corrosão do dente.

As causadoras do tão incômodo dente preto podem ser ainda a ocorrência de trauma no local, que ou comprimem o nervo que fica dentro do dente ou então até mesmo o rompem, o dente nessa situação vai ficar preto devido a necrose conseguir passar pelos canalículos, levando o tom escuro até a polpa do dente. Há situações em que o dente fica preto pela presença de uma quadro de doença periodontal, caracterizada pela inflamação e destruição dos tecidos da gengiva e do osso.

Há ainda as causas por problemas no tratamento do canal, no qual quando a polpa não é totalmente removida ou não é aplicado material adequado, ocorre o escurecimento dos dentes.

Por último, a lesão de cárie crônica,  trata-se de uma cárie que se iniciou, porém o processo não prosseguiu e não houve a corrosão do dente. Nesse caso ocorre a desmineralização do esmalte dentário de forma mais lenta e que acarreta no que conhecemos como dente preto.

Como evitar o dente preto

Além de manter uma rotina de higienização adequada, o uso do fio dental para evitar resíduos e enxaguantes, as visitas ao dentista são essenciais para identificar a presença de cáries em seu início e prevenir o avanço.

Até mesmo os seus hábitos alimentares podem ser os responsáveis pelo problema e pode ser evitado ao equilibrar o consumo de bebidas e alimentos muito pigmentados como o café e o açaí. Esses hábitos, apesar de interferirem no escurecimento na parte exterior do dente, podem exigir, dependendo do tempo em que começou a ficar escuro, um tratamento que poderia ser evitado.

Outros exemplos que podem estar ao seu alcance para evitar esse problema é o tabagismo, além dos danos internos ao corpo, o seu sorriso também poderá sofrer impacto ao ficar mais escuro.

Tratamentos indicados para o dente preto

É importante lembrar que quanto mais tempo o dente estiver preto, mais difícil será o tratamento, porém temos acesso a tratamentos como tratamento com o canal, nos casos em que o nervo é considerado morto e precisa ser removido, clareamento interno para depois executar o clareamento externo.

Quando a origem do dente preto é a cárie, será necessário primeiro uma restauração dentária para sanar o problema de origem e após isso, a aplicação do clareamento.

O tratamento de clareamento em alguns casos pode não solucionar totalmente o escurecimento, nesses casos há ainda a opção de aplicação de facetas de resina ou porcelana.

Reforçamos ainda que para diagnosticar um caso de dente preto, saber sua origem e o  melhor tratamento, será trabalho do seu dentista de confiança.

Você conhece alguém que está com esse problema ou você mesmo tem um dente preto? Entre em contato conosco!

Fonte: https://uniodontopaulista.com.br/meu-dente-ficou-preto-e-agora/

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.