Porque chamamos os dentes de “leite”?

Veja o que são dentes de leite e por que eles levam esse nome.

Os dentes de leite – dentes decíduos ou dentição temporária – são os primeiros dentes que nascem na carga dentária de um ser humano e de outros mamíferos. Esses dentes são compostos por estruturas um tanto semelhantes às presentes nos dentes permanentes, aqueles que nascem posteriormente e os substituem. As crianças possuem, em geral, 20 deles – dez na arcada superior e os outros dez na carcada inferior. Os dois dentes não são os mesmos e seu formato anatômico e tamanho também são diferentes.

De onde vem esse nome?

Quando pensamos sobre esse nome a resposta parece ser um mistério a ser desvendado, mas o motivo deste nome é mais comum do que pensamos. Qual é o papai ou a mamãe que nunca se perguntou sobre a procedência desse nome? Por que dizemos que os “dentes de leite” estão nascendo? A resposta não pode ser mais óbvia: os dentes de leite são bem mais brancos e sua coloração e textura lembram o leite!

Curiosidades:

Os dentes de leite são de extrema importância para a criança, uma vez que sem eles a criança não teria como mastigar no momento da ingestão de alimentos. Eles são dentes temporários que ajudam a triturar os alimentos enquanto a dentição definitiva ainda está sendo formada, além de preparar a região para a chegada dos dentes permanentes, ajudando na formação do conjunto de musculaturas para a dentição.

No quarto mês de gestação a formação dos dentes de leite se inicia e, após o sexto mês, eles já iniciaram seu desenvolvimento. O início da troca dentária – queda dos dentes de leite e nascimento dos dentes permanentes – acontece na faixa dos quatro aos sete anos de idade e geralmente os primeiros dentes a cair estão posicionados na frente, mas isso pode acontecer de forma irregular, o que irá depender dos estímulos e do próprio organismo dos pimpolhos. A partir da queda dos primeiros dentinhos, é natural que os pais fiquem mais cientes de que seus filhos estão em crescimento e já não são mais bebês.

Quais são as diferenças entre dentes de leite e dentes permanentes (ou definitivos)?

Basicamente, o dente de leite é menor, bem mais claro e possui menor camada de esmalte, maior câmara pulpar e uma raiz um pouco mais estreita. Os dentes permanentes podem ser reconhecidos pela serrinha do bordo incisai e, em geral, são de cor mais escura. Independentemente se os dentes da criança ainda são de leite ou se já estão crescendo os primeiros dentes permanentes, é importante que as mamães incentivem seus filhos a fazer a higiene bucal desde cedo para que os dentes cresçam fortes e saudáveis.

Não basta somente lavar os dentes, mas é preciso saber higienizá-los. Também é preciso ater-se à queda prematura dos dentes de leite, o que pode promover o desenvolvimento anormal da articulação dos dentes definitivos e exigirá o alinhamento dos dentes através do uso de um aparelho ortodôntico.

Fonte: https://institutopensi.org.br/blog-saude-infantil/porque-chamamos-os-dentes-de-leite/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.